Notícias

Kawasaki Lança Ninja400 Cup

Kawasaki lança Copa Ninja 400 dentro do SuperBike Brasil

Depois do grande sucesso da Copa Ninja 300 no motociclismo nacional por muitos anos, a Kawasaki retorna ao SuperBike Brasil como patrocinadora oficial do evento e com a nova Ninja 400 Cup.

A categoria correrá dentro das etapas do SuperBike Brasil, contando com toda a estrutura profissional do evento – como cronometragem em tempo real, direção de prova qualificada, programa completo de segurança ao piloto, transmissão ao vivo, cobertura da imprensa, presença massiva de público, opção de treinos extras às quintas-feiras e etc.

O calendário 2020 conta com cinco etapas e a primeira ocorre dia 18 de outubro em Interlagos. A maior concentração das provas será em SP, gerando assim menor custo com viagens para os atletas e equipes, e melhor infraestrutura do país.

O evento conta com um modelo totalmente inovador. Para competir na Ninja 400 Cup, não é necessário adquirir a moto. Há a opção de pagar apenas uma taxa que inclui pneus, inscrição e locação da moto. Após a assinatura de um contrato, é possível utilizar a moto para treinos privados e track days além das provas oficiais do campeonato.

Para que a locação seja em contrato de comodato não oneroso, o piloto deve procurar e estabelecer vínculo com uma das mais de 30 equipes homologadas pelo campeonato. (consulte lista com a organização – [email protected])

Correr custa R$ 3 mil (valor de lançamento) por etapa. Nesta quantia estão inclusos 1 par de pneu, inscrição e a moto. Não está incluído neste valor o transporte dos pilotos e das motos, as hospedagens, a taxa de dinamômetro, o combustível, as pastilhas de freios, possíveis acidentes, serviços de pista e a montagem da moto.

O kit “homologado” completo de montagem da moto custa R$ 8 mil (em até 10x de R$ 800 no cartão), incluindo carenagem, bolha, pintura, pedaleira, guidão, coroa, protetor de freio, escapamento, slider e suporte de cavalete. A moto não possui garantia, e deve ser devolvida em perfeitas condições ao fim da temporada.

A Kawasaki Ninja 400 é a moto mais competitiva de seu segmento, sendo superior às suas concorrentes diretas, e todo projeto foi concebido para oferecer absoluta igualdade de competição, ao menor custo já visto na motovelocidade.

Um dos diferenciais da Ninja 400 Cup é que a moto ficará com o piloto, fazendo com que ele possa utilizá-la sempre que tiver interesse. As motos disponibilizadas serão todas zero km.

Para 2020, o grid será limitado a 20 motos.

Apesar de não ser possível mexer nem nos motores e nem na eletrônica, equipes e pilotos podem desenvolver acertos de suspensão próprios e outros ajustes como relação, etc. Durante as provas o piloto poderá ficar na garagem da equipe de sua preferência. Pneus serão oferecidos a preços subsidiados assim como as peças de reposição. O piloto também pode comprar macacão e capacete da copa por preço subsidiado.

Existira também aos interessados em um serviço completo a possibilidade de correr dentro da Equipe Oficial Kawasaki Brasil por R$ 1.000 adicionais. Mais detalhes devem ser consultados com o próprio time JC Racing.

Todas as partes envolvidas na categoria darão início a um programa de talentos, para encaminhá-los ao motociclismo internacional. Os melhores pilotos poderão correr no Mundial de SuperBikes (WSBK) subsidiados pelos patrocinadores brasileiros do programa. Mais detalhes serão publicados em breve.

Outro diferencial inédito no motociclismo nacional será o sistema de premiação.

Em 2020 premiações serão entregues para os cinco primeiros colocados em cada etapa.

Elas serão:

1º lugar – R$ 1.500,00

2º lugar – R$ 1.300,00

3º lugar – R$ 1.100,00

4º lugar – R$ 900,00

5º lugar – R$ 700,00

Para 2021, o campeonato contará com 40 motos e dez etapas (sete delas sendo em Interlagos). A premiação também será expandida até o décimo piloto. Pilotos que tiverem participado da temporada 2020, poderão fechar para 2021 pelo mesmo preço (pilotos novos terão adicional de R$ 500 por etapa). *

*Condição sujeita a alteração sem prévio aviso.